Jovem é preso por assalto após ser reconhecido por tatuagem que não tinha

Jonathan Carlos Santos Rocha, de 26 anos, foi preso acusado de participar de uma tentativa de latrocínio a um mercado da zona norte de São Paulo em junho do ano passado, mas a família do jovem garante que ele foi confundido. Uma testemunha reconheceu uma tatuagem na mão do suspeito, mas ela teria sido feita por Jonathan em fevereiro deste ano, sete meses depois do crime. Nas imagens exclusivas do circuito de segurança do estabelecimento é possível ver o momento do assalto. Acompanhe na reportagem de Maurílio Goldner!