Balanço Geral Jovem morre 12 horas após ser atendida em UPA e família acredita em negligencia médica

Jovem morre 12 horas após ser atendida em UPA e família acredita em negligencia médica

Bruna Stefani de Oliveira foi liberada pelos médicos mesmo se queixando de intenso mal-estar

Uma jovem de 25 anos morreu após ser atendida em uma UPA em Piracicaba, interior de São Paulo, e receber alta médica mesmo se queixando de intenso mal-estar. 12 horas após o primeiro atendimento, Bruna Stefani de Oliveira morreu em consequência de um aneurisma cerebral. A família da jovem está em choque e acredita em negligência médica. Acompanhe o caso!

Últimas