Laudo confirma abuso sexual de bailarina encontrada morta em cachoeira

De acordo com o delegado responsável pelas investigações do caso da bailarina Magó, de 25 anos, encontrada morta em uma cachoeira perto da chácara da família em Mandaguari (PR), exames apontam que a vítima sofreu abuso sexual. Agora, a polícia procura suspeitos que participavam de uma festa rave que acontecia em um sítio próximo onde o corpo foi localizado. Para assistir ao Balanço Geral na íntegra, acesse Playplus.com