Balanço Geral Mãe e padrasto são presos suspeitos de matar menina de 4 anos na Grande SP

Mãe e padrasto são presos suspeitos de matar menina de 4 anos na Grande SP

O laudo do IML comprovou que Maria Clara morreu por traumatismo craniano

A mãe e o padrasto da pequena Maria Clara, de 4 anos, foram presos por suspeita de participação na morte da menina. Tuanny Caroline Galdino, de 23 anos, e José de Jesus da Silva, de 34, levaram a menina a um hospital de Itapevi, na Grande SP, alegando que ela tinha se engasgado com um pedaço de pão, mas Maria Clara já chegou morta no local. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) comprovou que a criança morreu por causa de um traumatismo craniano. A polícia acredita que a mãe é a responsável pelo crime e que o padrasto foi omisso.

Últimas