Moradores da zona sul fazem protestos e denunciam PMs após morte de jovem 

Moradores da zona sul de São Paulo denunciam ações violentas da polícia depois dos protestos de rua gerados pela morte misteriosa do garoto Guilherme na região do Jabaquara. Guilherme, de 15 anos, teria deixado a avó em casa, depois de um churrasco, e estaria conversando com um amigo na rua quando foi abordado por dois homens. Depois disso, Guilherme desapareceu e foi encontrado morto em um terreno baldio. Segundo a família do jovem, os agressores seriam policiais que faziam "bico" como segurança de um galpão que havia acabado de ser roubado. Depois da morte do adolescente, manifestantes incendiaram e depredaram pelo menos sete ônibus. Os policiais responderam com bombas de efeito moral. O corpo de Guilherme foi enterrado na manhã desta terça-feira (16). Para assistir ao Balanço Geral SP na íntegra, acesse o PlayPlus.com