Balanço Geral Morte de Ana Paula Campestrini foi planejada há dois meses, diz polícia

Morte de Ana Paula Campestrini foi planejada há dois meses, diz polícia

Segundo as investigações, Wagner Oganauskas não queria dividir os bens com a ex-mulher

A equipe de reportagem do Balanço Geral conversou com funcionários do clube e do ex-marido de Ana Paula Campestrini. Wagner Oganauskas é acusado de ser o mandante da execução da ex-mulher, morta com 14 tiros disparados Marcos Ramon, que também trabalhava no clube. Segundo a polícia, o crime já estava sendo planejado há pelo menos dois meses. O acusado não queria dividir os bens com Ana Paula. Acompanhe a reportagem!

Últimas