Balanço Geral Morte na Ceagesp: suspeito alega que era humilhado pelo ex-chefe

Morte na Ceagesp: suspeito alega que era humilhado pelo ex-chefe

Rivalidade antiga terminou com um homem morto a golpes de faca na última sexta-feira (3)

O Balanço Geral traz novas informações sobre a briga entre feirantes que terminou com a morte de um homem, na última sexta-feira (3), na Ceagesp. O comerciante Genildo Cabral da Silva, de 38 anos, foi morto a facadas pelo ex-funcionário, apelidado de Haitiano. Preso neste domingo (5), o suspeito alega que cometeu o crime porque sofria humilhações do ex-chefe. Mas a viúva de Genildo apresenta uma versão bem diferente dos fatos. Acompanhe a reportagem!

Últimas