Motorista não aceita advertência e agride funcionário de "zona azul" 

Em São Caetano do Sul, no ABC paulista, motorista não aceitou advertência por ter o prazo de estacionamento vencido na vaga rotativa e agrediu o funcionário da empresa responsável pela exploração do serviço na cidade. Wesley Silva contou ainda que, durante a confusão, o celular dele caiu no chão e os agressores tentaram roubar o aparelho. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com