Mulher presa pela morte do ex-marido por guarda do filho é solta no Paraná

O professor Lucas Ferreira de Oliveira, de 39 anos, foi morto quando saiu de São Paulo para visitar o filho no Paraná. Desesperada por notícias do noivo, que não respondia mais suas mensagens, Stephane Soares procurou a polícia e descobriu que o homem havia sido assassinado. Patrícia Brüning Manchenho, ex-mulher da vítima que não aceitava a decisão judicial sobre a guarda da criança, foi presa e confessou o crime, mas conquistou o direito de responder em liberdade. Para assistir ao Balanço Geral na íntegra, acesse o PlayPlus.com