Balanço Geral Mulheres mostram corpos deformados e acusam médico por erros em cirurgias

Mulheres mostram corpos deformados e acusam médico por erros em cirurgias

Três mulheres tiveram a vida destruída depois que passaram por cirurgias plásticas. Uma diarista, uma autônoma e uma auxiliar administrativa que tinham o sonho de mudar detalhes que não gostavam no próprio corpo foram atraídas pela proposta de uma cirurgia por um valor mais em conta. O problema é que o resultado foi desastroso, virou caso de polícia e foi parar na justiça. O médico responsável pela cirurgia das três é Érisson Guanaes Lima, que não tem registro de cirurgião plástico no Conselho Regional de Medicina e ainda responde a dois processos no Cremesp. Com os corpos deformados, as pacientes tiveram prejuízos incalculáveis. Uma delas, a Sônia, terminou um casamento de 25 anos.

Últimas