Caso Henry

Balanço Geral Padrasto e mãe do menino Henry são presos acusados de atrapalhar as investigações

Padrasto e mãe do menino Henry são presos acusados de atrapalhar as investigações

Segundo a polícia, Doutor Jairinho praticou sessão de tortura contra a criança semanas antes da morte

O vereador Doutor Jairinho e a mulher dele, Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, de 4 anos, foram presos na manhã desta quinta-feira (8), no Rio. Segundo a polícia, o casal teria atrapalhado as investigações da morte da criança e estaria ameaçando testemunhas do crime. As investigações apontam que Jairinho, padrasto da vítima, teria praticado uma sessão de tortura contra Henry semanas antes da morte, e que a mãe do pequeno sabia das agressões. Acompanhe os desdobramentos do caso.

Últimas