Balanço Geral Polícia fecha a maior festa clandestina já registrada em São Paulo na pandemia

Polícia fecha a maior festa clandestina já registrada em São Paulo na pandemia

Cerca de 1.500 de alto poder aquisitivo se aglomeraram, sem máscaras, em um galpão abandonado na Zona Sul da capital

A polícia acabou com a maior festa clandestina já registrada em São Paulo desde o início das operações da força-tarefa que fiscaliza aglomerações durante a pandemia. Cerca de 1.500 pessoas se aglomeraram em um evento de música eletrônica em um galpão abandonado, na zona sul da capital. Na saída, os frequentadores, a maioria de alto poder aquisitivo, fez um verdadeiro desfile de carros de luxo, com veículos que podem passar de R$ 500 mil. Uma mulher, que se apresentou como médica de um hospital público, ofendeu os profissionais da imprensa que cobriam o flagrante da polícia.

Últimas