Balanço Geral Polícia investiga assassinato de ex-secretário adjunto de Segurança de Guarulhos (SP)

Polícia investiga assassinato de ex-secretário adjunto de Segurança de Guarulhos (SP)

Caso foi registrado como latrocínio, mas Aparecido Bergosso teria sofrido ameaças dias antes do crime

O Balanço Geral acompanha o mistério envolvendo a morte do ex-secretário adjunto de Segurança de Guarulhos (SP). Aparecido Bergosso, de 66 anos, que também era dono de um lava rápido, estava dentro do escritório quando criminosos armados chegaram e anunciaram um assalto. A vítima foi morta com três tiros. O caso foi registrado como latrocínio, mas funcionárias relataram que, dias antes do crime, Aparecido recebeu duas ligações misteriosas de um homem que ameaçava a vítima. Acompanhe o caso!

Últimas