Balanço Geral Polícia investiga novas pistas do desaparecimento de escoteiro após 36 anos

Polícia investiga novas pistas do desaparecimento de escoteiro após 36 anos

Áudio que circula pela internet levantou a hipótese de que Marco Aurélio teria sido assassinado e enterrado em uma casa, no interior de São Paulo

O mistério do escoteiro que desapareceu durante uma escalada no Pico do Marins, interior de São Paulo, volta a ser investigado depois de 36 anos. Uma mensagem de áudio que circula pela internet levantou a hipótese de que Marco Aurélio teria sido assassinado e enterrado em uma casa, na região da escalada dos escoteiros. A equipe do Balanço Geral conversou com o seu Ivo, pai de Marco Aurélio, que revelou detalhes da investigação.

Últimas