Policiais acusados de agressão a entregador no Rio afirmam que boné motivou ação

O soldado Diego Alves da Silva e o sargento Gabriel Guimaraes Sá, identificados pelas câmeras de segurança de um shopping do Rio de Janeiro pela agressão a um jovem, alegaram que o boné usado pela vítima foi o motivo que os fizeram render o entregador de aplicativo Matheus Fernandes, de 18. De acordo com eles, um super-herói estampado no boné do rapaz seria o mesmo usado como símbolo por um traficante.