Professor é afastado de escola após aluna denunciar assédio

Um professor de filosofia foi afastado da escola onde trabalhava em Maringá (PR) depois de ser denunciado por assediar uma aluna. De acordo com a vítima, ele a teria chamado de prostituta na frente de seus colegas após não corresponder às investidas dele. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com