Rússia gera desconfiança mundial ao anunciar primeira vacina contra a Covid-19

Uma vacina contra a Covid-19, desenvolvida pela Rússia, pode ser a primeira do mundo a ser aprovada. Ela foi registrada e declarada pronta para isso nesta terça-feira (11), mas gerou desconfiança mundial, já que não foi publicado nenhum estudo ou dado científico sobre os testes realizados. De acordo com o presidente russo Vladimir Putin, a vacina passou pelos testes necessários e se mostrou eficaz, oferecendo imunidade duradoura ao coronavírus. Segundo ele, uma de suas filhas já foi vacinada.