Balanço Geral Servidor público sonha em reencontrar irmã que viu apenas uma vez há 35 anos

Servidor público sonha em reencontrar irmã que viu apenas uma vez há 35 anos

Com uma foto na mão, Natalício Firmino pede ajuda ao Balanço Geral para localizar Célia Firmino

Há 25 anos, um servidor público procura por sua única irmã, que só encontrou pessoalmente uma vez. Natalício Firmino, de 45 anos, só soube da existência de Célia Cris Martins Firmino, sua meia-irmã, quando tinha 10 anos, alguns dias depois da morte do pai. Célia, que na época tinha 13 anos, entregou um bilhetinho ao irmão com uma foto dela e depois eles nunca mais se viram. Quando completou 20 anos, ele decidiu procurar por Célia e iniciou sua busca. Agora, ele pede a ajuda do Balanço Geral para conseguir localizar a irmã e realizar seu grande sonho. Acompanhe!

Últimas