Suspeitos de envolvimento na morte de advogado são presos

A Polícia Civil pediu a prisão temporária de quatro suspeitos de envolvimento na morte do advogado Ronaldo Cesar, de 53 anos, em Araçatuba, interior de São Paulo. Eles vão responder por latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e ocultação de cadáver. A investigação apontou que os acusados atraíram a vítima para uma emboscada usando uma jovem de 24 anos. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com