Câmera Record Câmera Record acompanha a rotina de pessoas acumuladoras

Câmera Record acompanha a rotina de pessoas acumuladoras

Considerado um transtorno psiquiátrico, a reportagem deste domingo (20) explica algumas de suas causas e consequências

Reportagem do Câmera Record mostra o drama enfrentado por pessoas acumuladoras

Reportagem do Câmera Record mostra o drama enfrentado por pessoas acumuladoras

Reprodução/RecordTV

Eles não gostam de mostrar o rosto. Muito menos revelar suas histórias. Mas os repórteres do Câmera Record os convenceram a falar. No programa deste domingo (20), você vai conhecer a vida dos chamados acumuladores.

O acumulador é aquele que junta objetos em excesso e tem grande dificuldade e angústia ao ter que se desfazer das coisas. O que é considerado um transtorno psiquiátrico, de acordo com especialistas. Não tem cura. Precisa de acompanhamento médico para o resto da vida. E muitas vezes está relacionado a traumas e outras doenças.

Marcos leva para casa tudo o que encontra na rua, sem distinção. Um hábito que o acompanha desde menino. Em meio ao material coletado, tem kit de maquiagem, microfone quebrado e até peruca. Para ele, cada objeto tem seu valor.

"Eu não estou nem aí para o que as pessoas pensam de mim. Porque cada um pensa de uma forma. Minha casa está bagunçada? Está. Está suja? Está. Mas ninguém vai me dar dinheiro se eu pedir", desabafa Marcos ao ser perguntado se as pessoas o veem com preconceito em razão da montanha de lixo que ele mantém em casa.

Um dos entrevistados chega a guardar isopores, materiais de construção e eletrônicos

Um dos entrevistados chega a guardar isopores, materiais de construção e eletrônicos

Reprodução/RecordTV

Para entrar na casa de Isaías, também é preciso vencer uma montanha de coisas. Por dentro, o ambiente é sufocante, cheio de objetos. São isopores, materiais de construção, aparelhos eletrônicos. O guarda-roupa não tem portas. As peças ficam espalhadas pelo quarto.

"A gente se vê preso numa situação que ninguém sabe. É duro, é fogo", revela emocionado.

Isaías aceitou que uma equipe da prefeitura faça uma operação de limpeza na casa dele. Foram retiradas duas toneladas de lixo. O Câmera Record acompanhou tudo de perto.

Do outro lado do mundo, no Japão, a acumulação também é considerada um transtorno sério, que atinge muita gente. Mas a maioria não admite que precisa de tratamento. E dificilmente abre a porta de casa para falar do assunto, como vai mostrar nossa correspondente Silvia Kikuchi.

E mais: a história de dona Tereza. Uma senhora apaixonada por animais, que começou como protetora, mas perdeu o controle e atualmente tem mais de 200 cachorros.

No nosso podcast, a jornalista Renata Garofano conversa com a psiquiatra especializada em psicodrama, Mariana Vasconcellos, sobre como identificar um acumulador e qual o melhor tratamento.

Você não pode perder! É neste domingo, logo depois do Domingo Espetacular.

Últimas