Câmera Record Câmera Record acompanha a rotina de trabalho do IML em São Paulo

Câmera Record acompanha a rotina de trabalho do IML em São Paulo

Programa deste domingo (8) mostra o depoimento de famílias que precisaram lidar com a perda de entes queridos. É a partir da 23h15, na Record TV

O programa mostra o depoimento de famílias que precisaram lidar com a perda de entes queridos

O programa mostra o depoimento de famílias que precisaram lidar com a perda de entes queridos

Reprodução/RecordTV

No Câmera Record deste domingo (8), repórteres acompanham o trabalho do IML e conversam com famílias que perderam seus parentes.

Durante 15 dias, os repórteres Marcus Reis, Flávia Prado e Michel Mendes acompanharam o trabalho do Instituto Médico Legal de São Paulo e conversaram com famílias que tiveram que lidar com a morte de um parente. 

O corpo de Gabriel Mendonça, 25 anos, estava envolto a uma manta de alumínio e cercado por policiais militares. Uma amiga, em silêncio, recolhe os últimos objetos do jovem: um isqueiro, o tênis e um maço de cigarros.

A mãe, Maria Anita, chora compulsivamente próxima ao corpo. Mesmo abalada, ela aceita falar com a equipe. "Criei meu filho com tanto sacrifício, tanto sacrifício, para ele terminar no chão", desabafa.

Dois dias depois, nos recebe para contar a história do filho. Segundo ela, Gabriel não parava em casa ultimamente. Voltava de madrugada e não dava satisfação para a mãe. "Eu sempre pedia para ele voltar, mas ele sempre me dava uma desculpa", relembra.

Sobre a possível causa da morte de Gabriel, dona Maria Anita diz que ouviu de uma amiga dele que o jovem usou drogas naquele dia. "A menina me disse que ele tinha usado cocaína e lança-perfume", conta a mulher. Mais detalhes desta história você vai ver durante o programa.

Bruna procurou o IML para fazer exame de corpo de delito, que é uma importante prova pericial da existência de um crime. A jovem tinha sido agredida pelo tio e não teve dúvidas em denunciá-lo. "Não vou ficar aceitando isso, ficar apanhando desse jeito. Ele não vai ficar impune dessa vez", conta a vítima.

Os repórteres também foram até a casa da família para entender o que aconteceu entre ela e o tio.

E mais: 27 corpos encontrados em um cemitério clandestino na Zona Sul de São Paulo. Entre eles, o de Matheus Felipe Martins, que só foi identificado graças ao trabalho dos peritos.

A equipe esteve com a mãe e a irmã do jovem para saber o que está por trás de uma morte tão violenta.

Sob o comando de Marcos Hummel, o Câmera Record vai ao ar aos domingos, às 23h15, na Record TV. Não perca!

Últimas