Câmera Record Câmera Record conta a história do piloto de avião que passou 36 dias na selva após acidente

Câmera Record conta a história do piloto de avião que passou 36 dias na selva após acidente

Antônio Sena revela para a equipe do programa como sobreviveu aos perigos da floresta por mais de um mês. É neste domingo (28), logo depois do Domingo Espetacular, na Record TV

Piloto Antônio Sena conta como sobreviveu na floresta por 36 dias após acidente

Piloto Antônio Sena conta como sobreviveu na floresta por 36 dias após acidente

Divulgação/Record TV

O Câmera Record deste domingo (28) traz novos detalhes surpreendentes da história do piloto de avião que sofreu um acidente e passou 36 dias na selva

"Às vezes, eu parava e dizia: meu Deus, é impossível sair daqui".

Lutar contra esse pensamento era o grande desafio diário do piloto Antônio Sena depois de um pouso forçado em plena selva amazônica. Era preciso se manter são para ir em busca de comida, abrigo e ajuda. "Eu achava que ali eu ia morrer de fome, ou que uma onça fosse me pegar", diz. O que ele não sabia é que, naquele momento, se iniciava uma jornada solitária de sobrevivência que iria durar mais de um mês.

Piloto há quase 10 anos, voar sobre a selva não era novidade para Antônio. E nem enfrentar uma pane no ar. Ele revela com exclusividade ao Câmera Record que, em 2015, passou por momentos de tensão durante um voo entre o Pará e o Maranhão, com 22 passageiros. "Em cima do meu assento, teve uma explosão e aí que entrou muita fumaça para dentro do avião. A gente não conseguia respirar. Houve um pânico dentro do avião, muita gente gritando, chorando", relembra um dos passageiros, Francinaldo da Silva Melo.

No acidente que aconteceu em janeiro deste ano, o piloto estava sozinho em uma aeronave monomotor. A família dele foi avisada na mesma noite. "Foi um momento bem chocante, receber uma informação de que... 'Olha, o avião do seu irmão não pousou no destino, nem voltou'" conta Thiago, irmão de Antônio.

Enquanto as buscas pelo piloto começavam, Antônio procurava ajuda e tentava se manter com os recursos que tinha. No Câmera Record, ele revela detalhes inéditos sobre os momentos que viveu na floresta. "Os episódios de quase desmaio eram frequentes. Eu já não tinha mais força para quebrar lenha, para fazer fogueira", conta ele. E afinal: qual a explicação para o acidente? 

Você não pode perder! É neste domingo (28), depois do Domingo Espetacular, com apresentação de Luiz Fara Monteiro, na Record TV.

Últimas