Câmera Record Câmera Record mostra como estão os personagens que mais comoveram o público em 2020

Câmera Record mostra como estão os personagens que mais comoveram o público em 2020

Reportagem deste domingo (27) relembra a história dos personagens que se destacaram ao longo das 51 edições do programa

Câmera Record relembra personagens que se destacaram nas reportagens de 2020

Câmera Record relembra personagens que se destacaram nas reportagens de 2020

Reprodução/Record TV

Foram 51 edições com histórias de vida, temas comoventes e os mais inusitados enfoques da principal notícia do ano: como o Brasil lidou com a pandemia do novo coronavírus. O Câmera Record teve que se reinventar em 2020. Superar as barreiras do isolamento social para continuar apresentando reportagens que informam e emocionam. E a última edição do ano mostra como andam alguns dos personagens que se destacaram no programa nesses 12 meses.

Uma dessas pessoas é a detetive particular Suzana Neres. Em janeiro, ela investigava casos de infidelidade. Quando a pandemia chegou, ficou sem trabalho. E o Câmera Record mostrou como ela se virava em cima de uma moto como entregadora de aplicativo. Mas, por pouco, um acidente de trânsito não fez com que essa história de vida terminasse precocemente em 2020.

A detetive particular precisou se reinventar durante a pandemia

A detetive particular precisou se reinventar durante a pandemia

Reprodução/Record TV

"Um rapaz freou com tudo no farol amarelo e não deu tempo de eu parar. Joguei pra direita, para tentar sair do carro, mas acabei caindo. Quando eu vi, meu dedo estava todo estourado," conta Suzana enquanto mostra as cicatrizes do acidente.

O Câmera Record traz também duas histórias parecidas, mas em direções opostas: Felipe Adam, de apenas 16 anos, avança cada vez mais no sonho de se tornar um "Ken Humano".

"Todo mês eu vou ao estúdio e faço algo diferente. No primeiro mês fiz a sobrancelha, no mês seguinte eu comecei tratando um pouco da pele também. E eu quero destacar um pouco a minha mandíbula, para ficar com o rosto mais quadrado, como o do boneco Ken," afirma Felipe.

Já o modelo Maurício Galdi, conhecido por interpretar o boneco mais famoso do mundo, diz ter vivido o lado obscuro da fama. E, agora, quer voltar a ser apenas um homem comum. "Eu acho que eu me deslumbrei demais. Num determinado momento, só existia o Ken. O Maurício morreu," conta o modelo.

No nosso podcast, o apresentador Marcos Hummel e os repórteres Marcus Reis e Heleine Heringer elegem as reportagens mais marcantes do Câmera Record em 2020. O podcast está disponível no portal R7.com e nas principais plataformas de áudio. 

O Câmera Record vai ao ar neste domingo (27), depois do Domingo Espetacular, na Record TV!

Últimas