Câmera Record “Eu perdi minha dignidade. Eles me mataram sem me matar”, afirma vitima de vazamento de video íntimo

“Eu perdi minha dignidade. Eles me mataram sem me matar”, afirma vitima de vazamento de video íntimo

A jovem teve o celular furtado e, depois disso, passou a receber mensagens exigindo dinheiro para que vídeos e fotos íntimas dela não fossem publicadas na internet

O furto do celular mudou para a sempre a vida de uma jovem. Depois de ter o aparelho levado em um famoso centro de comércio popular em São Paulo, a mulher começou a receber ameaças. O criminoso exigia R$ 30 mil para que fotos e um vídeo íntimo da jovem não fossem divulgados nas redes sociais e em grupos de mensagens com amigos e familiares.

Últimas