Câmera Record Ex-síndica precisou abrir mão do próprio lar após ser agredida por vizinho PM

Ex-síndica precisou abrir mão do próprio lar após ser agredida por vizinho PM

Vizinhos de um prédio em Itanhaém, no litoral de São Paulo, protagonizara uma cena de selvageria, registrada por um morador do condomínio. Entre os envolvidos, estava um policial militar que portava a arma durante a confusão. A briga teria começado por causa da água suja em um conjunto habitacional onde Fernanda trabalhava como síndica profissional. Além de carregar sequelas das agressões de Reginaldo e Rosângela, mulher do PM, a ex-síndica também precisou abrir mão do próprio lar por medo.

Últimas