Câmera Record Flagrantes de humilhações durante a pandemia revelam o tamanho do preconceito de agressores

Flagrantes de humilhações durante a pandemia revelam o tamanho do preconceito de agressores

Ameaças, ofensas e humilhações. Durante a pandemia, diversos registros de surtos de clientes com trabalhadores vieram à tona e revelam não apenas raiva, mas o preconceito de muitos agressores. Em uma padaria de São Paulo, Lidiane Biezok, de 45 anos, foi presa em flagrante depois de insultar e agredir funcionários e clientes. A mulher, que foi acusada de racismo e homofobia, hoje revela que o comportamento foi resultado de um transtorno mental.

Últimas