Câmera Record Membro do PCC desaparece e mãe decide investigar o caso sozinha

Membro do PCC desaparece e mãe decide investigar o caso sozinha

Cléverton dos Santos desapareceu quando tinha 33 anos. Ele era membro do Primeiro Comando da Capital além de usuário de drogas. Chegou até a ser batizado pela facção. Mas, ficou devendo para o poder paralelo e logo em seguida desapareceu. Ele é um dos milhares de homens que foram atráidos pela vida do crime e acabaram mortos pelo próprio sistema. Dona Quézia, mãe de Cléverton, não tem dúvidas: "ele foi enterrado em um cemitério clandestino e morto pelo PCC". 

Últimas