GARIMPO LEVA ESPERANÇA AOS TRABALHADORES

Na Rodovia Transamazônica, as dunas, lagoas e poeira predominam no cenário. São as marcas deixadas por aqueles que buscam o ouro

São quase mil garimpos localizados na região conhecida como Transgarimpeira, que pode ser muito perigosa

A vida de quem trabalha nesses locais é de luta e esperança. José Moraes da Silva acorda bem cedo e passa o dia no meio do barro

Especialistas estimam que apenas 2% do ouro foi descoberto em toda a região, mas questionam se vale a pena prosseguir na exploração

O engenheiro florestal Guilherme Williaggenf diz que o ouro já foi explorado em até 15 metros do solo, mas é preciso ir mais longe

José Moraes saiu de sua terra natal e conviveu pouco mais de um mês com uma de suas filhas. Os outros dois foram trabalhar com ele no garimpo

O trabalho duro pode trazer recompensas. José Moraes já conseguiu cerca de nove gramas de ouro, o equivalente a R$ 3 mil

Embora o ouro tenha diminuído, garimpeiros como José Augusto Gomes continuam na região na esperança de um futuro melhor

 R7.com/CanalCameraRecord
Para ver mais detalhes da matéria, acesse