Conteúdo exclusivo “O nervosismo é um vilão impiedoso no palco”, diz Robinson Monteiro

“O nervosismo é um vilão impiedoso no palco”, diz Robinson Monteiro

Jurado do Canta Comigo Teen acredita que o preparo emocional faz toda a diferença na apresentação de jovens talentos

  • Conteúdo exclusivo | Juliana Lambert, do site oficial

Robinson Monteiro relembra começo de carreira

Robinson Monteiro relembra começo de carreira

Reprodução/Record TV

Robinson Monteiro despontou no Brasil em um programa de calouros da Record TV, mas a sua batalha por um lugar ao sol começou ainda criança, como muitos participantes do Canta Comigo Teen.

“Na minha época, os estímulos eram infinitamente menores, a TV e o rádio eram nossa única fonte de comunicação. O processo de aprendizagem era intuitivo e lento. Hoje, eles têm à disposição muito mais informação de qualidade e todo tipo de curso na área artística, inclusive via internet, o que facilita muito no amadurecimento e no preparo da carreira”, comenta o cantor e jurado do reality musical.

Ele também elogia as escolhas musicais da nova geração: “Culturalmente o país evoluiu muito, é uma geração que de berço tem um repertório amplo, o acervo musical é gigantesco, com acesso à música de todas as partes do mundo e isso torna muito mais rico esse universo em construção”.

Do outro lado, Robinson sabe exatamente o que os jovens talentos sentem quando sobem ao palco: “Sem dúvida, eu me coloco no lugar de cada participante, sei exatamente o nível de ansiedade e estresse que a gente precisa dominar para conseguir fazer cada apresentação, nem todo dia conseguimos fazer isso. O tempo de ensaio e preparo envolvidos são cruciais no resultado final, estar à vontade com a canção escolhida, com o jogo cênico necessário, fazer esse estudo mesmo em cada apresentação é importante”.

O jurado acredita que os candidatos que têm um melhor preparo emocional conseguem se sair melhor, pois dominam o nervosismo e passam tudo o que sabem fazer na hora da apresentação.

“Sou criterioso, porém acho que muitos deles precisam ver que você está ali incentivando e cantando junto, para assim se soltarem de verdade"

Robinson Monteiro

Afinal, o que um jovem talento precisa ter para vencer o reality? “Escolha assertiva do repertório é essencial, se não estiver à vontade com a música vai dificultar muito a apresentação. A preocupação do candidato deve ser sempre criar esse ambiente de conexão com o jurado e telespectador, trazendo-os para dentro do número com ele. Dominar o nervosismo e interpretar a canção com emoção vai fazer toda diferença”, explica.

Competição de alto nível

O cantor reconhece que a temporada trouxe grandes surpresas: “O nível é altíssimo, falando de qualidade musical. Me surpreende, inclusive, o repertório que estão cantando, que é desafiador até para cantores adultos e profissionais. Não imaginei que muitos deles fossem ter essa condição que demonstram, principalmente  com toda a questão da voz em formação”.

Como jurado, ele procura avaliar vários fatores antes de levantar e cantar com um jovem talento. “No geral, afinação, qualidade do timbre, sustentação das notas, se o repertório escolhido está condizente com as limitações de cada candidato,  presença de palco, e aquele fator ‘chave’,  o carisma, que é essencial  evidentemente para um artista e é o mais difícil de se desenvolver ao longo da carreira”, esclarece Robinson, que se considera o jurado que incentiva os jovens talentos e levanta sempre que há uma entrega verdadeira.

“Sou criterioso, porém acho que muitos deles precisam ver que você está ali incentivando e cantando junto, para assim se soltarem de verdade. O nervosismo é um vilão impiedoso no palco, é por isso que eu não tenho muita dificuldade de acionar o meu botão e dar esse empurrão”

O Canta Comigo Teen está na reta final e Robinson avisa: “O público pode esperar música de qualidade, alto nível técnico dos candidatos, repertório de bom gosto, histórias de vida e família emocionantes e, muito carisma! Eles dão um show toda semana”, finaliza.

O reality musical vai ao ar aos domingos durante o Hora do Faro, a partir das 15h15, na tela da Record TV.

Últimas