Casal é preso por clonar cartões de transporte público do Rio 

A polícia prendeu uma casal que faz parte de uma quadrilha especializada em clonar cartões do Riocard. O grupo funciona em três níveis de hierarquia: fraudador que credita valores infinitos e vende os cartões por R$40; gerentes que atuam nas estações e repassam as unidades para os peões que abordam os passageiros.