Cidade Alerta RJ Diretor da Polícia Civil afirma que Henry foi assassinado

Diretor da Polícia Civil afirma que Henry foi assassinado

Principais suspeitos, mãe e padrasto foram presos por atrapalhar as investigações

Um mês após a morte de Henry, o diretor da Polícia Civil Antenor Lopes afirmou que não dúvidas de que o menino foi vítima de um homicídio duplamente qualificado. Ele afirmou que, até o momento, não há indícios de que a mãe Monique Medeiros fosse ameaçada pelo namorado, Dr. Jairinho, para esconder o crime. O casal suspeito foi preso nesta quinta (8) por atrapalhar as investigações.

Últimas