Em carta ao Papai Noel, menino de 11 anos com deficiência auditiva pede aparelho moderno para estudar

Crianças de todo o país escrevem cartinha para o Papai Noel, pedindo seus tão sonhados presentes em uma iniciativa do Correios. Entre bicicletas, bonecas, bolas, videogames e outros brinquedos que habitam o imaginário de milhares de crianças espalhadas pelo Brasil, o pedido de um menino de 11 anos, que mora em Cuiabá, comoveu a todos. Eduardo de França tem deficiência auditiva desde que nasceu. Segundo ele, a família não tem condições de comprar um aparelho moderno. O presente que ele deseja é para facilitar os estudos na escola.