Cidade Alerta RJ Ex-secretário de Saúde do Rio fecha acordo de delação premiada

Ex-secretário de Saúde do Rio fecha acordo de delação premiada

O ex-secretário Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, preso por suspeita de desvios de verbas destinadas ao combate da pandemia do novo coronavírus, firmou um acordo de delação premiada com a PGR (Procuradoria Geral da República). Um dos indícios que reforçam o acerto é o pedido de liberdade feito pelo órgão em favor de Santos no STJ (Superior Tribunal de Justiça) na tarde de segunda-feira (13). Os termos do acordo ainda não foram divulgados, mas teriam como alvo o governador do Rio, Wilson Witzel.

Últimas