Cidade Alerta RJ Mais de 30 casos de tiroteios afetaram circulação de trens no Rio, aponta Supervia

Mais de 30 casos de tiroteios afetaram circulação de trens no Rio, aponta Supervia

A concessionária SuperVia, que administra os ramais dos trens urbanos do Rio e também da Baixada Fluminense, registrou, no ano passado, 36 casos de tiroteios nas proximidades da linha férrea, que afetaram a circulação dos trens por 40 horas e 24 minutos. O caso mais recente ocorreu no dia 21 de dezembro, quando houve troca de tiros nas imediações da estação Costa Barros, subúrbio do Rio,  interrompeu a circulação dos trens por uma hora em todo o ramal Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O ramal mais afetado no ano passado foi o Saracuruna, em Duque de Caxias, também na Baixada, com 24 ocorrências de interrupções.

Últimas