Paes é acusado de receber R$11 milhões em propina para financiar campanha eleitoral

O ex-prefeito Eduardo Paes é acusado de receber cerca de R$11 milhões em propina para financiar a campanha eleitoral em 2012. O dinheiro teria sido pago pela construtora Odebrecht e repassada através de uma agência de publicidade e em Barramas, país conhecido como paraíso fiscal. As acusações fazem parte do processo em Paes responde por evasão de divisas, corrupção e lavagem de dinheiro.