Perícia da Polícia Civil indica que água de estação da Cedae não foi sabotada

O resultado da perícia realizada pela Polícia Civil na água da ETA (Estação de Tratamento de Água) do Guandu apontou que o local não foi alvo de sabotagem. Enquanto a Cedae (Companhia Estadual de Águas e Esgotos) tenta normalizar o gosto, cheiro e cor da água, clientes abastecidos pelo rio Guandu protestam contra a companhia.