Cidade Alerta RJ Prefeitura do Rio diz que Lamsa não poderá cobrar pedágio na Linha Amarela

Prefeitura do Rio diz que Lamsa não poderá cobrar pedágio na Linha Amarela

Concessionária alega que, com o restabelecimento do contrato e da prestação de serviços, a cobrança é um direito 

O prefeito do Rio Eduardo Paes disse nas redes sociais na tarde desta terça-feira (9) que a Lamsa, concessionária que retomou a administração da linha Amarela por decisão da Justiça, não poderá cobrar pedágio nos próximos dias. O posicionamento foi publicado após a concessionária informar que a cobrança da taxa de R$ 7,20 será feita a partir de sexta-feira (12) para os motoristas que passarem pelo local. No entanto, Paes explicou que a prefeitura recorreu da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) e uma audiência já foi marcada para discutir o futuro da linha Amarela na terça-feira (16).

Últimas