RJ: família diz que pintor preso por envolvimento em assalto foi vítima de golpe

A família de Vitor Martins da Cunha afirma que o pintor foi preso por participação em um assalto injustamente após ser vítima de um golpe, em Campo Grande, zona oeste do Rio. Segundo os parentes do pintor, dois jovens abordaram Vitor na rua e pediram que ele chamasse um carro de aplicativo para a rodoviária de Campo Grande, assaltando o motorista do veículo durante a viagem.