Vigilantes pedem mais segurança e investimentos durante o trabalho

Investigadores procuram por câmeras de segurança que possam ajudar nas investigações da morte de um vigilante de uma empresa. A vítima fazia a escolta de uma carga de carne, avaliada em R$120 mil reais, quando foi morto. Os profissionais da área reclamam da falta de investimentos na profissão.