Caso Cássia: família de contadora reconhece suspeito em novas imagens da noite do crime

Cássia Regina de Jesus, de 44 anos, foi encontrada desacordada em casa após um ataque violento. O carro da mulher foi depredado no dia seguinte.

O Cidade Alerta teve acesso às imagens de uma nova câmera de segurança que registrou com riqueza de detalhes o momento em que o suposto assassino chega à casa de Cássia Regina de Jesus, de 44 anos, no dia 13 de setembro. De acordo com os horários dos registros, que se encaixam com a suspeita da perícia, o homem ficou quase uma hora e meia na casa da contadora. Parentes e amigos de Cássia dizem reconhecer o suspeito que aparece nas imagens.

A contadora só foi encontrada na manhã seguinte ao ataque e chegou a ser socorrida, mas não sobreviveu aos ferimentos. Pouco depois, na madrugada do dia 15, o carro da vítima foi depredado e a ação flagrada por câmeras de segurança. Os adolescentes que vandalizaram o veículo se manifestaram e revelaram que Mari, a ex-inquilina da vítima, teria oferecido dinheiro para o ataque ao carro. Mari e outro suspeito, o pedreiro João, prestaram depoimento por mais de 10 horas. Agora a polícia procura por mais provas para poder acusar um dos suspeitos.