Caso Guilherme: morte de adolescente provoca revolta e policiais são presos

Guilherme Silva Guedes, 15 anos, foi sequestrado e assassinado por policiais militares na zona sul de São Paulo

Guilherme Silva Guedes, 15 anos, foi sequestrado no dia 14 de junho de 2020 perto da casa de sua avó, onde morava, na zona sul de São Paulo, e executado por policiais militares. O corpo do adolescente foi encontrado na manhã seguinte em Diadema, a seis quilômetros de distância de sua casa. Imagens de uma câmera de segurança mostra o momento em que Guilherme é sequestrado.

O caso provocou grande revolta entre familiares, amigos e vizinhos do rapaz, iniciando movimentos pedindo Justiça pela morte do garoto, liderados pela avó de Guilherme, que geraram tensos confrontos com a Polícia Militar. O sargento Adriano Fernandes e o ex-policial militar Gilberto Eric Rodrigues foram presos a pedido da Polícia Civil.