Cidade Alerta Pai fala sobre filha morta pelo namorado: "Eu não acreditava que ele fosse fazer isso"

Pai fala sobre filha morta pelo namorado: "Eu não acreditava que ele fosse fazer isso"

Lenilton era amigo do assassino e costumava ajudá-lo financeiramente em alguns negócios

  • Cidade Alerta | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Augustinho e Lucileide estavam juntos há dois meses

  • Ele queria que eles fossem morar juntos

  • Por se tratar de um relacionamento recente, ela negou

  • Ele não gostou da recusa e a matou com facadas

Lenilton dos Santos não esperava que Augustinho fosse matar a filha

Lenilton dos Santos não esperava que Augustinho fosse matar a filha

Reprodução/Record TV

O Cidade Alerta entrevistou com exclusividade Lenilton dos Santos, pai da atendente Lucileide, que foi assassinada a facadas pelo namorado, Augustinho Pereira de Souza, por negar um pedido de casamento.

Os dois estavam juntos há apenas dois meses.

Augustinho costumava frequentar o bar de Lenilton. Eles eram amigos e o idoso chegou até mesmo a ajudá-lo financeiramente e a montar pequenos empreendimentos para que ele trabalhasse. “Era como se fosse um filho aqui na minha casa”, disse.

Augustinho namorava Lucileide há dois meses e insistia para que fossem morar juntos. “Ele sempre estava no meu bar dizendo que ia pedi-la em casamento”, contou o pai da jovem, que não concordava e a aconselhou a não aceitar.

Quando foi pedida em casamento, Lucileide recusou e alegou que o relacionamento era muito recente, mas Augustinho não concordou e atacou a mulher a facadas.

Ela não resistiu aos ferimentos e morreu. “Eu não acreditava que ele fosse fazer isso”, disse Lenilton aos prantos pela filha.

Após o assassinato, Augustinho se entregou à polícia.

Assista ao vídeo na íntegra:

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta, às 16h50, e aos sábados, 17h, na tela da Record TV.

Mulher fala sobre agressão e perseguição do ex: "Eu não posso estar com ninguém"

Últimas