Assistência técnica não quer consertar celular com seguro

João Rodrigues, de 82 anos, sofreu uma queda grave na Vila Gomes Cardim, zona leste de São Paulo. Seu celular estava no bolso no momento do acidente e acabou quebrando a tela. Como seu aparelho estava assegurado, entrou em contato com a companhia para usar o serviço e recebeu autorização para encaminhar o celular à assistência técnica, mas esta se negou a realizar o conserto. Veja na Patrulha do Consumidor! Para assistir ao Cidade Alerta na íntegra, acesse PlayPlus.com