Patrulha do Consumidor Patrulha do Consumidor: Cliente paga caro por celular e descobre que não é totalmente original

Patrulha do Consumidor: Cliente paga caro por celular e descobre que não é totalmente original

Aparelho começou a apresentar defeito após poucos dias de uso

Um belo dia, Anezia foi gastar o dinheiro que juntou – e até fez empréstimo – no celular dos sonhos da sua filha. Foram dias de pesquisa até escolher a loja. Mas, dias depois de levar o aparelho para casa, a tela dele começou a dar problema. O técnico alega que o problema teria sido causado por mau uso. Ao levar o aparelho para uma análise do fabricante, veio a surpresa: ele não era original. A Patrulha do Consumidor entrou no caso para ajudar Anezia.

Últimas