Cidade Alerta Polícia suspeita que adolescente foi executada por tribunal do crime

Polícia suspeita que adolescente foi executada por tribunal do crime

Corpo da menor foi encontrado com sinais de ferimento por facão dentro de uma cova rasa

A adolescente foi assassinada com um facão

A adolescente foi assassinada com um facão

Reprodução/RECORD

O Cidade Alerta trouxe detalhes da morte de Lorrayne Andrea Laurentina Costa, de 17 anos, encontrada em uma cova rasa, em uma área de mata, de difícil acesso, em Minas Gerais.

Três criminosos foram presos por envolvimento na morte da adolescente. Segundo a investigação, o corpo estava em estado inicial de decomposição, com vários cortes provocados por um facão.

Familiares fizeram o reconhecimento da vítima e um dos homens foi preso logo depois de uma denúncia. Segundo a polícia, o suspeito de mandar matar a adolescente contou aos policiais quem teria praticado o homicídio e o endereço de onde ele supostamente estaria.

Os policiais militares foram até o local e prenderam o homem. O dono do bar onde o suspeito estava também foi detido porque estaria usando o local para vender drogas. Durante as buscas, os agentes acharam dinheiro, uma arma e diversas porções de maconha, pedras de craque e pinos de cocaína. O facão usado para matar a vítima também foi apreendido.

A polícia ainda prendeu mais uma pessoa que teria participado da execução. Eles confessaram o crime, mas não explicaram por mataram a garota. Uma das hipóteses seria o envolvimento da menor com o tráfico e um suposto prejuízo que ela teria causado.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil e os suspeitos presos foram levados para a delegacia.

Assista ao vídeo completo:

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta, às 16h50, e aos sábados, 17h, na tela da RECORD.

Últimas