Cidade Alerta Triângulo amoroso acaba mal após atirador receber R$ 10 mil para executar mulher 

Triângulo amoroso acaba mal após atirador receber R$ 10 mil para executar mulher 

Três suspeitos já foram presos e vão responder pelos crimes de homicídio qualificado e roubo

Homem pede ajuda da amante para matar a então companheira por briga na partilha de bens

Homem pede ajuda da amante para matar a então companheira por briga na partilha de bens

Reprodução/RECORD

O Cidade Alerta trouxe detalhes da prisão do homem que pediu para a amante contratar criminoso para executar a esposa, em Manaus, no Amazonas.

Sullivan Ferreira Maia, de 46 anos, e a esposa, Edy Cláudia, de 41, estavam em processo de separação e brigavam pela divisão de bens. Quem teria contratado o executor, Elielson da Silva Campos, de 24 anos, a mando de Sullivan, foi a amante dele, Luzilene Marques Albuquerque, de 39 anos. 

O assassinato de Edy foi registrado por câmeras de segurança. A vítima estava voltando da choperia da qual era dona com toda a renda do local, em um carro de aplicativo. O motorista parou em frente a uma casa e, em seguida, o motoqueiro se aproximou.

O suspeito anunciou o assalto e tentaram contê-lo, mas ele já estava decido a matar. Edy estava sentada no banco de trás e foi alvejada. Após os disparos, Elielson fugiu e a vítima morreu na frente da própria filha, fruto do relacionamento com o mandante do crime.

O primeiro a ser preso foi Elielson. Segundo a polícia, o pistoleiro simulou um latrocínio para despistar a real motivação do crime. O rapaz já tinha ficha criminal e respondia em regime semi aberto.

Após o depoimento, a polícia conseguiu prender os outros dois suspeitos, o marido da vítima e sua amante. A mulher foi a responsável por fazer o pagamento ao atirador, já Sullivan disse a polícia que ordenou a execução porque queria se separar sem precisar fazer a divisão de bens.

Segundo as investigações, esse não teria sido o primeiro delito cometido pelo marido e ele também vai responder pelo homicídio de uma antiga amante que estava grávida de seis meses. Os três suspeitos vão responder pelos crimes de homicídio qualificado e roubo.

Confira na íntegra:

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta, às 16h50, e aos sábados, 17h, na tela da RECORD.

Últimas