Advogado morto em sítio teria reconhecido criminoso

Um dos criminosos responsável pela morte do advogado Luis Flávio participou da reconstituição do crime para ajudar a polícia a entender a dinâmica do assassinato. Luciano, de 19 anos, mostrou aos policiais como ele e um comparsa invadiram o sítio da vítima para roubar objetos de valores do local. Geovane, comparsa de Luciano, teria atacado Luis depois de ser reconhecido por ele. O homem está foragido. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com