Áudios revelam conversas de agente da PF demitida com traficantes

O jornalismo da Record TV teve acesso a mensagens e interceptações telefônicas que serviram como provas para a demissão da agente administrativa da Polícia Federal, Hélida Vaz, de 35 anos. Uma mulher linda, que adorava ostentar uma vida de luxo incompatível com os ganhos mensais. A loira da PF foi acusada de vazar informações sigilosas para uma organização criminosa que enviava cocaína do Brasil para a Europa, através do porto de Santos. As investigações apontam que Hélida prestava "serviços" como o levantamento de dados e detalhes de operações policiais.