Cidade Alerta Autoescola cobra, não presta o serviço e o Xerife do Consumidor entra em ação

Autoescola cobra, não presta o serviço e o Xerife do Consumidor entra em ação

Para ajudar na locomoção do marido, que sofre de dislexia e não pode dirigir carros, Maria decidiu tirar a carteira de habilitação. Ela encontrou uma autoescola que estava dentro de seu orçamento e se inscreveu para começar o curso. O problema é que o tempo foi passando e nada de a autoescola prestar o serviço. Inconformada, ela decidiu cancelar o contrato e pediu o dinheiro de volta. Era o início de mais uma dor de cabeça. Veja a solução do caso!

Últimas