Cidade Alerta Cabeleireiro procura a Patrulha após ter moto furtada em estacionamento de shopping

Cabeleireiro procura a Patrulha após ter moto furtada em estacionamento de shopping

Quem deve se responsabilizar pelo prejuízo? Veja o que diz Celso Russomanno

O cabeleireiro parou a moto recém-comprada no estacionamento de um shopping e foi trabalhar. Mas, no meio do expediente, recebeu um chamado de que o veículo havia sido furtado. O seguro ofereceu a ele um valor incompatível com a moto e tampouco reembolsou seus gastos após o furto. O shopping também não quis se responsabilizar. Cerca de dois meses depois do crime, a situação não foi resolvida e a solução foi acionar a Patrulha do Consumidor. Acompanhe!

Últimas